Cria Arquitetura | Imprensa : Casa Claudia nº10

Casa Claudia nº10

Casa Claudia nº10

Puro Relaxamento

As arquitetas Juliana Boer e Maira Del Nero conquistaram o júri com a Sala de descanso da Campinas Decor 2008. Como compensação para as etapas do projeto, obra e visitação, 20 árvores foram plantadas a fim de neutralizar a emissão de carbono. Materiais naturais e menos nocivos à saúde, madeiras certificadas, fornecedores conscientes e uma boa dose de tecnologia verde pautaram a decoração. Essa é a segunda vez que as profissionais recebem o prêmio. Em 2006, venceram na mesma categoria com o Ecobanheiro.

Decoração saudável

Ao criar esta sala de descanso para a mostra Campinas Decor 2008, as arquitetas Juliana Boer e Maira Del Nero privilegiaram materiais ecológicos e menos nocivos à saúde e neutralizaram o carbono emitido na montagem com plantio de arvores. Assim, venceram o Prêmio Planeta Casa de Design de Interiores.

Detalhes como este rebaixo foram iluminados por meio de uma fita adesiva com leds da Osram. Mais eficientes e duráveis do que as lâmpadas comuns, gastam até 80% menos energia.

Opção que aumenta a umidade relativa do ar, a tinta à base de terra crua da Primamatéria é livre de compostos orgânicos voláteis, prejudiciais à saúde.

Além de oferecer maior conforto acústico, a composição especial do forro de gesso Cleaneo, da Knauf, absorve e neutraliza partículas nocivas e odores que podem estar presentes no ambiente.

O uso consciente da madeira é um destaque do projeto: o painel, o deque e a prateleira são de lyptus, e a estante, de Tamburato Eucatex, ambos certificados pelo FSC. Nas banquetas, madeira de demolição.

Na decoração, apenas materiais naturais: almofadas de seda (O Casulo Feliz) e fibra de bananeira (Divinas) e pufe de fios de bambu (Zizi Maria). O Biofuton (Locomotiva Eco Juta) tem recheio de algodão orgânico.

Com espessura de apenas 2 mm, o revestimento cimentício Tecnocimento, da NS Brazil, dispensa juntas de dilatação e pode ser aplicado sobre outros pisos sem gerar entulhos.

Alimentada a gás, a lareira não produz fumaça. Foi construída sobre uma base feita de placa cimentícia Fulgê, da Braston, produzida em fôrmas que secam naturalmente sem o uso de fornos.