Cria Arquitetura | Imprensa : Quartos & Closets nº28

Quartos & Closets nº28

Quartos & Closets nº28

Consciência limpa, sono tranqüilo

O assunto não é novo; porém, não é exagero reforçar algumas simples (e importantíssimas) posturas. Ao planejar a próxima construção, reforma ou decoração de ambientes, procure substituir as técnicas e os materiais convencionais pelos que não agridem o meio ambiente. Essa mudança não representará apenas um compromisso com o presente; consciência ecológica é atitude de quem pensa, também, no futuro das próximas gerações.

O PAINEL NA CABECEIRA da cama é feito de madeira Taxodium (taxodium distichum), fornecida por uma empresa de reflorestamento que desenvolve a produção sustentável de madeira por meio da recuperação de florestas nativas, alem de projetos de compensação da emissão de carbono. O revestimento ainda foi envernizado com produto à base de água, que não libera COV (Compostos Orgânicos Voláteis), prejudiciais à saúde. PALLETS (estrados de madeira utilizados para facilitar o transporte de cargas) que seriam descartados foram utilizados como base para a cama-box. As CORTINAS são de voile de seda artesanal, produzida com os casulos refugados da grande indústria. As fibras recebem tingimento natural, feito com cascas de arvores, sementes e raízes. “O fio da seda é naturalmente antialérgico, já que poeiras e ácaros não penetram em suas fibras”, acrescentam as arquitetas Juliana Boer e Maira Del Nero. As ALMOFADAS são feitas de tecido orgânico, ou seja, o algodão não recebeu adubos químicos ou agrotóxicos durante o seu plantio. Uma delas ganhou aplicação de “sousplat” de fibra natural, para funcionar como bandeja.

Objetos do artesanato brasileiro valorizam o trabalho de comunidades nacionais: “ O consumo solidário promove a conscientização sobre a importância de comprar produtos que não agridam o meio ambiente, que concentrem capital local e que promovam a geração de emprego e renda”, defendem as profissionais.

O desenvolvimento sustentável deve ser classificado como uma das principais necessidades do ser humano: existir e evoluir sem prejudicar as próximas gerações. O dormitório bonito e confortável foi conseqüência desse entendimento, compartilhado pelos profissionais da Cria Arquitetura. Eles projetaram um ambiente capaz de oferecer aconchego aos moradores, preocupados não só com o próprio conforto, mas também com o bem-estar do planeta. O casal – ele, engenheiro florestal, ela, publicitária – não sustenta, apenas, discursos ecologicamente corretos: o dia-a-dia mostra o cuidado com as questões ambientais. Eles aboliram as sacolas plásticas, compram produtos orgânicos e reciclam o lixo. Para manter esta constância, cada elemento acrescentado à decoração do quarto contém um pouquinho de responsabilidade ecológica, dos tecidos orgânicos aos pallets que sustentam a cama. E a parede verde-folha, logo acima da cabeceira, ratifica o recado: ali, moram pessoas realmente modernas.