Cria Arquitetura | Imprensa : Paraiba Investments nº 25

Paraiba Investments nº 25

Paraiba Investments nº 25

A sociedade retira carbono na forma de petróleo de dentro da terra e lança na atmosfera através de seus sub-produtos. O que acontece com todo o combustível do tanque de seu carro quando você anda com ele? Ele queima e se transforma em gás, e esse gás é lançado para a atmosfera. Ou seja, algo que estava imobilizado ou “neutralizado” no fundo da terra agora esta solto, em forma de gás.

O mesmo acontece com as florestas. Quando fazemos uma fogueira ou queimamos carvão em uma churrasqueira sobram apenas cinzas. O que acontece com todo o volume que ali existia? Ele é lançado para a atmosfera em forma de gases. Novamente algo que estava imobilizado ou “neutralizado” na terra agora esta solto na atmosfera.

Outro exemplo são os lixões. Quando o lixo se decompõe grande parte de sua massa também vira gás e vai para a atmosfera.Quando utilizamos energia elétrica também emitimos CO2 na atmosfera. Boa parte da energia elétrica produzida em nosso país é proveniente de usinas termo elétricas.

Portanto tem muita massa em forma de gás que se encontrava imobilizada ou “neutralizada” na terra e agora esta solta circulando na atmosfera. E essa massa de gases, que não conseguimos enxergar, é responsável pelas alterações do clima causando o famoso efeito estufa com o conseqüente aquecimento global.

A neutralização de carbono é um conceito que busca a diminuição do lançamento e a retirada do excesso de gases da atmosfera. Para diminuir o lançamento dos gases devemos usar menos os veículos com combustíveis derivados de petróleo, produzir menos lixo e reciclar mais diminuindo os aterros sanitários (Lixões), evitar o desmatamento desenfreado das florestas, buscar fontes alternativas de energias, etc.

Para retirarmos o carbono que se encontra em excesso na atmosfera, a forma mais simples é através do crescimento das plantas.De onde uma planta ou uma árvore retira toda massa que forma as folhas o tronco os galhos e raízes durante seu desenvolvimento? Do chão, da terra? Não. Se fosse assim o volume de terra debaixo de uma plantação ou de uma árvore diminuiria com o crescimento delas, e isso não ocorre.

Para crescer as plantas retiram, com ajuda da fotossíntese, o carbono da atmosfera, fixando-o em forma de madeira, ou seja, “neutralizando-o” contribuindo assim com a redução do efeito estufa e do aquecimento global.