REVISTA ÉPOCA destaca 21 destinos para relaxar – entre eles o Centro Kadampa, templo budista em Cabreúva, projeto do Cria Arquitetura

By agosto 13, 2012cria na midia

 

ONDE ALCANÇAR A ILUMINAÇÃO

O visitante deve evitar sentir-se intimidado pela imponência do Centro Kadampa, erguido aos pés da preservada Serra do Japi, em Cabreúva. O silêncio e a tranquilidade da paisagem convidam a entrar em paz sem o risco de algum frequentador tentar convertê-lo. Essa característica é comum aos budistas e essencial entre os adeptos dessa tradição. Para eles, o mais importante é divulgar os métodos de concentração e paciência ensinados pelo monge Geshe Kelsang Gyatso, que, ao conhecer o Ocidente, nos anos 70, percebeu que o budismo se encaixava com dificuldade no modo de vida de quem vive nas grandes cidades. Concluído em 2010, o centro faz parte de um projeto internacional para a criação de grandes locais para contemplação nas proximidades de metrópoles. O de Cabreúva é o maior, podendo receber até 2 mil pessoas. Outros ficam em Londres e Nova York.

Ainda que a proposta pareça pragmática, a arquitetura do centro remete à tradição do budismo tibetano. A abóbada escalonada representa os cinco estágios da iluminação; e as 35 imagens douradas de Buda no altar, a purificação. As formas femininas significam a sabedoria, e as masculinas, a compaixão. Os visitantes devem retirar os sapatos para entrar no saguão de meditação. Quem se interessar por uma experiência mais profunda pode participar de cursos de meditação de dois dias. Os praticantes experientes se hospedam em chalés para retiros espirituais. Há uma segunda área para a prática de silêncio absoluto. Para quem não puder ir agora, o centro irá sediar um festival no feriado de 7 de setembro. Em janeiro, serão organizados retiros de uma semana.

Centro de Meditação Kadampa- 81 km

Av. Cláudio Giannini, 2.035, Cabreúva, tel. (11) 4409-0967, budismokadampa.org.br

Dica: Retiros de silêncio com um pernoite para cursos de concentração e meditação custam R$ 240. Cursos de meditação de dois dias, com almoço vegetariano, R$ 45. As visitas são gratuitas.

Entre no link e confira:

 http://epocasaopaulo.globo.com/cobertura/reportagem/21-destinos-para-relaxar/

Discussão Um comentário

Deixe uma mensagem